CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Adriane Neves
Minha árvore com seus galhos poéticos.
Textos

Quem alimenta a vontade?
Quem levanta cedo
por que corre?
Quem carrega livros
o que esconde?
Quem alimenta minha vontade só me faz chorar ao cortar cebolas
Quem alimenta minha vontade
Pendura as montanhas
baixa as nuvens para que eu possa enxergar
Me trás pássaros felizes
porque sabia que riria assim
Quem alimenta minha vontade
A cada noite que passo frio
Durante o dia sentirá calor
A cada silencioso momento
A noite barulhenta se expandirá  
Não vai ceder?
Não vai dormir?
Me apresenta modos de ser
Modos meus  
Quem tem a beleza
por que olha-se no espelho?
Quem tem saúde porque morres?
Quem alimenta meu bel prazer
Entende o que quero dizer
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 21/04/2018
Alterado em 21/04/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários