CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Adriane Neves
Minha árvore com seus galhos poéticos.
Textos

O bom amor chegou
Chegou no mundo com uma firmeza  
Organizando tudo e com um olhar cheio de delicadeza
Humanizando, sentindo e vivenciando  
Sabendo que a hora de chorar era depois das obrigações  
Assim como o lazer, as brincadeiras uniformizadas e intensas a ponto de Furar o sapato, a ponto de torcer o dedão do pé e ir caminhando Disfarçadamente para não perder seu breve momento que apenas poderia ser  
A alegria de ver que és uma grande piada pronta, com estórias que Jamais poderiam prever
Parece que quanto mais se tira, mais se tem  
Quanto mais o coração é desfragmentado ele fica maior  
Quanto mais economia se faz, mais convites para jantares se recebe Para apreciar fatos reais, mesas cheias, olhar atencioso e risonho
O bom amor chegou, trazendo coisas jamais sonhadas, trazendo lugares, mares e pedras para carregarem juntos  
O humor dos que nasceram adultos, a leveza dos adultos jovens  
O bom olhar, o bom amigo, o bom de ser do bem  
Milhares de partilhas, carregar o que importa inundando olhos com suas Crônicas reais fazendo corações baterem além do que prevê
A paciência para explicar o que já devíamos saber
Ainda não entendo o jeito engraçado que envolve os dedos nas mexas Do cabelo
O infinito deve saber  
Já te casei com 1 ano te antecedência  
Já contei minhas sentenças  
Agora apenas me felicito e aguardo o dia  
Em que carregada, renascerá.
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 21/04/2018
Alterado em 19/06/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários