CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Adriane Neves
Minha árvore com seus galhos poéticos.
Textos

Verde perto
Quem procura de fato não acha
Tem coisas que se encaixam, que viram lágrimas para depois sorrir
Que os imãs internos não desconcerte a moça que do outro lado sorrir
Que as falas indecifráveis de rodas alheias, não calem-se para quem Precisa aprender e provar
E dissolver nos papeis notáveis
Que estas procissões sejam uma via crucis de celebração
Que pulemos de galho em galho como um pássaro treinando seu voo
Para alcançar seu trajeto indecifrável
Que tudo se veste sem combinar até ganhar cor
Se tudo é água, camada por camada mas só vejo o verde
Se verde perto você também verá
Que tudo se veste, que tudo acontece sem controlar
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 26/04/2018
Alterado em 28/04/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários