CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Adriane Neves
Minha árvore com seus galhos poéticos.
Textos

Percorre
Percorro os dedos entre livros, entre teclas alfanuméricas, entre páginas que dizem-me espirituais
Percorro meus olhos entre árvores, galhos, crianças, animais
Sinto a poesias percorrer minhas veias, meus olhos e ouvidos
Mas ela não percorre para uma página em branco
Talvez por que esta, seja unicamente para mim
Um adeus ao medo e absurdos
Esta é somente para mim
A que recusa-se expor
A que arranca-me o alivio, com seu breve toque de: relaxa, estou aqui.
Poesias, que brincam com meu coração, que queima-se na acesa vela de desejos e súplicas
Que desta vez, não quer aparecer.
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 02/05/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários