CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Adriane Neves
Minha árvore com seus galhos poéticos.
Textos

Tudo que cai, fertiliza a terra
Seu silêncio cai por terra para fertilizar
Bons novos frutos há de surgir
Os corações se abrem no caminho
E a alma senta para melhor dar atenção
Quanta beleza há quando tentamos fazer o que achamos esquisito não Conseguir fazer
Como me doí tentar
Como me doí desaprender
Corroí os ossos que tenho desde que nasci
Quando assim
Capitã dos meus pensamentos
Encontro enriquecido coisas que ninguém precisa ter
E levanto-me do varandado com o gadanho pra deixar tudo limpo
Para quando o nosso bem comum unificador
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 27/09/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários