CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Adriane Neves
Minha árvore com seus galhos poéticos.
Textos

Intolerante
Como não tolerar o sombrio
Se quando muito faz sol
corro para lá?
Como não tolerar a falta de ritmos
Ou acordes
Se acordo depois que todo mundo começou a trabalhar?
Como não tolerar atrasos
Se nunca és pontual
Com a velocidade das coisas?
Como não tolerar a estupidez
Se a tudo tento fazer
Como gira no meu mundo?
Como não tolerar o desamor
Se quase nunca tolero as pessoas tais como são?
Como não tolerar o conforto
Se deixo todos confortáveis como são?
Como não tolerar a vida
Se existo e ainda muito terei de trilhar?
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 27/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários