CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Adriane Neves
Minha árvore com seus galhos poéticos.
Textos

Cadum
Avisa pra ela que não pode ver
Que o céu está forrado com estrelas
O bom mesmo é não dar um nome e se prender a essas luzinhas
Avisa pra ela que não consegue sentir
Que as ondas estão a nos abraçar na areia fofa e farta de tantos pés
Avisa pra ela que não pode falar
Que as palavras ditas não precisam ser ambíguas já que aqui ninguém quer levar a verdade
Apenas ser
Apenas estar a apreciar a verdadeira riqueza
A verdadeira beleza
Aquilo que toca-se por dentro
E não nos deixa padecer
Nem mendigar
Todo mundo se deita e és
Avisa pra ela que aqui
Cada um é
Cada um é
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 04/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários