CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Adriane Neves
Minha árvore com seus galhos poéticos.
Textos

Santo tempo
É que a vida passa e as lágrimas caem
O tempo muda
Mas temos que esperar
O nosso tempo entrar em cena
Erguer forte o seu querer
Aquele dia tão bonito ainda há de existir
Aquele dia de conflito ainda há de existir
Santo tempo que me quer maduro
Para ser doce e ser colo para as vidas que vão chegar e partir
Vendo tudo que se move
Vejo-me gaveta, que tudo guarda e dispõe para quem transita por aqui Jogo meus olhos no céu e o enfeito de estrelas
Para te reacender
E que recordes para onde deves se direcionar
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 08/01/2019
Alterado em 08/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários