CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Adriane Neves
Minha árvore com seus galhos poéticos.
Textos

Desacretitar
Eu desacredito
Que toda esta fila
Seja apenas pra comer
Para viajar
Para liquidar
Eu desacredito que todo este grito
Seja para amedrontar
O outro só te transforma
Se você se identificar
Em cada rota que a vida cruza
Não rivaliza
Seu jeito de ser
Não evite seu jeito de crer
Eu desacredito
Que todo este povo que nasceu
Foi para dizer
Quem é Deus
E o que ele evita ajudar
Eu desacredito
Que tudo isto é por dinheiro
Ou por difamação
Talvez seja só uns litros
De um bom livro
E um beijo de boa noite
Que faltou para nação
Seria tudo isto
Por conta de tanto excluir
De tanto negar
Ou de não se encaixar
Eu desacredito
Que o homem saiba
Aonde quer chegar
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 28/01/2019
Alterado em 28/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários