CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Adriane Neves
Minha árvore com seus galhos poéticos.
Textos

Deixar a realidade ser realidade
A minha estrada é verde
As ondas da minha praia
É no asfalto
E seu corpo todo
Alonga-se para ver
A beleza vasta
O caldo que levarás
Será apenas o da cana
E para chegar
Você quem subir
Como se quisesse alcançar o céu
E respirar fundo
E a cada descida um mergulho
No mar mais puro
Com cheiro de rosas
Deixando a realidade ser realidade
Não entrarás onde a música
É mais alta que a voz
Dançar como se fosse a última vez
Se teletransportar
Para si mesmo
Na luz da balada
Dividir pizza
Tirar sarro
Dividir a existência
Com quem faz o dia render
Ter desejo de muita paz
Ser repetido
E  a certeza de ser quem sou
Não me foge da vida
Esta que é real
E que num simples respirar
Profundo
Parece um conto de fadas
Cheio de paz e formosura
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 10/02/2019
Alterado em 11/02/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários