Textos

Flambar
Que seu calor derreta-me
Não quero que sejas a minha cura
Mas onde possa cometer
A loucura de ser eu mesma
Sem os fardos que
O caminho me deu para carregar
Sem a alegria e cores das flores-espelho
Que o seu calor derreta-me
E deixe-me
Ser apenas um ponto de luz
O ponto que sempre fui
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 06/04/2019
Alterado em 08/05/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários