CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Adriane Neves
Minha árvore com seus galhos poéticos.
Textos

Cocô de gato
Deixo sempre no lugar certo
Junto com meus pensamentos
Ás vezes ali mesmo tomo as maiores decisões da minha vida
Ou simplesmente as ignoro
Tento ignorar as correspondências que estão á cima da mesa
Ou as respostas que tenho para dar
Enquanto isto
O gato por pirraça (penso de forma humana)
Deixa a sua opinião no meio da sala
Uma minúscula opinião
Que se espalha por todos os cômodos do apartamento
Tenho a impressão de que o odor passa pelas beiradas da porta chegando ao corredor e até mesmo invadindo o apartamento vizinho
Olho novamente para o gato, incrédula
E vejo-o lambendo suas patas, lambendo-se, exaltando-se, endeusando-se de tal ato
Talvez devêssemos ser um tanto felinos:
Se atrever a cagar no lugar errado, deixar que tudo se espalhe, mas nós, devemos ser limpos, íntegros. Afinal, desejamos apenas mostrar a nossa rebeldia domesticada.
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 05/05/2019
Alterado em 08/05/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários