Textos

Eles moldam meu mundo, mas tudo continua.
Em outro ponto de partida
7 voltas no segundo dia
Entraram na minha boca
Implantaram outra língua
A dos que tudo afirmam
E discutem sobre onde devo ficar
Onde devo ir
No meu ouvido a mesma música
No meu coração o mesmo sonho
Mudaram a rua
São outras pessoas
Mas aqui dentro
Continua tudo igual
Corre na minha veia
O reggae, o forró e o carnaval
Sempre presente
Mas agora quieto
Arrancaram-me a língua
Deixaram uma ferida
Logo irá cicatrizar
Eu só olho pro céu
E o espero acordar
Eu só olho para as árvores
E espero frutificar
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 23/07/2019
Alterado em 08/08/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários