Textos

Ouvindo de perto, sorrindo de longe
Mudando as coisas que ficam
Sempre expostas
Mas armazenadas
No fundo
Bem no fundo
Quando entrei no mar
Senti o mesmo gosto
Das minhas lágrimas
Entre um mergulho e outro
Sorri aliviada
Banhando mais
Juntando as águas nas mãos
E levando-se ao rosto
Senti que não havia chorado em vão

Quem chora na beira do rio
A lágrima vira gota do mar
E seu corpo
Dança feito onda
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 03/08/2019
Alterado em 08/08/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários