Textos

O tempo, é o abrigo da existência
Quando o tempo passa bonito
O azul tem um tom colorido
O cinza brinca contigo
A chuva é benção como dias de sol
Seguimos ladeira a cima
O joelho grita de dor
E os pés andam em paz
Quando o tempo passa bonito
O que nem era visto faz sentido
Faz abrigo em nós
O martelo do juiz nem sai do lugar
Você não precisa se ajoelhar
E apresentar a fonte da gratidão
O vento ampara a criança que cai no chão
Já reparou
Que todas caem na mesma posição?
Cai tudo bem
Quando o tempo é bonito
Você já enxergou pela cortina da lágrima
Que dança no seu olhar?
Nada faz sentido
Tudo faz sentido
Quem está errado
Está certo também
O tempo é bonito
O tempo é o abrigo
Da existência
Adriane Neves
Enviado por Adriane Neves em 26/11/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários